Erwin Weimann, falecido em 2019, foi um dos maiores conhecedores dos processos de produção, envelhecimento e blends de cachaça. Químico e mestre cervejeiro por formação.

Considerado um dos melhores Master Blenders do Brasil, Erwin Weimann estudava as mais diversas madeiras aptas para envelhecimento da cachaça em seu laboratório particular. Com isso, sua filha Fernanda Weimann resolveu homenageá-lo criando uma cachaça com seu nome e com sua fórmula preferida de um Blend especial, envelhecido por cinco anos em três madeiras:

  • Amburana: aroma adocicado, intenso com um retro gosto levemente amargo.
  • Carvalho: paladar seco com notas de baunilha, castanhas, pimenta, tabaco, pão torrado e coco verde.
  • Bálsamo: tons dourados e esverdeados com característica picante. Traz muita especiaria, frutado e tânico. Notas herbáceas e especiarias como anis, cravo e erva-doce.

Erwin foi um defensor ativo sobre a superioridade da cana-de-açúcar como matéria-prima para destilados, inclusive com vários artigos publicados sobre o tema.

Autor do livro ‘Cachaça, a bebida brasileira’, também editado na língua inglesa. Aliás, o primeiro livro sobre o tema no idioma.

Teve seu nome ligado a diversas cachaças e destilarias como Weber Haus, Da Tulha, Yaguara, St Verger entre muitas outras.

Era otimista com o futuro da cachaça e seríssimo em suas propostas, lastreadas por mais de quatro décadas de experiência e nas viagens que realizou para conhecer os aspectos da produção e do mercado de destilados como o whisky, o rum, o gin e a tequila. Viagens nas quais, quase sempre tinha a companhia protetora e bem-humorada de sua esposa Sandra Weimann.

Membro da Cúpula da Cachaça, respeitado pelo seu conhecimento técnico sobre o assunto, foi eleito por aclamação e exercia no grupo de especialistas o papel de Mestre Yoda, sempre se posicionando pausadamente e sem afetação, recolocando as discussões nos devidos trilhos. Após seu falecimento, a Cúpula da Cachaça deu seu nome ao local onde o grupo se encontra anualmente para a eleição do ranking das melhores cachaças.

Erwin, ministrava diversas aulas e cursos completos de destilados em Instituições e Faculdades reconhecidas. Dentre eles:

  • Curso de Cachaça
  • Curso de Gin
  • Curso de Rum
  • Destilados Brancos
  • Destilados Envelhecidos
  • Mixologia (aulas destinadas aos bartenders)

Cachaça Premium

Edição Especial

Ao clicar em comprar você será redirecionado para o site de compra.

I am text block. Click edit button to change this text. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

Autor de diversos artigos sobre o tema e sempre preocupado com a sustentabilidade e meio ambiente, escreveu e foi entrevistado por vários veículos de comunicação como Caderno Paladar – Estadão, Cachaça em Revista, Revista Playboy – Editora Abril e programas de TV como Globo Rural e Canal Terraviva:

a) Aproveitamento das fibras de bagaço de cana sobrantes no processo de fabricação da cachaça para substituição de outras fibras como o xaxim para fabricação de vasos, cultura de cogumelos ou fabricação de papel com baixo impacto ambiental;

b) Divulgação das madeiras nacionais para envelhecimento de Cachaça, devido à utilização no exterior somente o carvalho, seja europeu ou americano.

c) Aproveitamento das dornas de fermentação e alambiques na entressafra da cana para fabricação de rum com o melaço disponível no mercado, diminuindo significativamente a sazonalidade de produção;

d) Aproveitamento dos alambiques para fabricação de outros destilados, utilizando nossa base alcoólica de alta qualidade, normal ou orgânica;

e) União de todo o setor produtivo e promocional da Cachaça para informar o mercado interno e o externo acerca da qualidade de nosso destilado;

f) Racionalização dos impostos incidentes no setor, que muitas vezes inviabilizam a comercialização pelos pequenos produtores, segmento que emprega diretamente mais que o dobro da indústria automobilística e sem nenhum benefício fiscal.

Em suma, Curriculum vasto, digno de um expert no assunto e agora devidamente homenageado com uma garrafa contendo seu nome e sua fórmula preferida. Espero que apreciem!

Com amor,

Fernanda Weimann

Depoimentos

alguns depoimentos sobre erwin weimann

O que falar do Erwin?

O Erwin vai ser lembrado eternamente em cada dose de cachaça que eu degustar.
Grande amigo e companheiro, que, com sua calma e paciência aliados ao bom humor e conhecimento tinha com a reverência que lhe era peculiar, a palavra certa, na hora certa a cada um daqueles que compartilhavam o mesmo espaço.

Obrigado a Deus e à cachaça por me fazer privilegiado de dividir o espaço terrestre com essa fera da sabedoria, sabedoria esta que ia além dos limites da cachaça, alcançava a vida.

Nós sentimos sua falta no meio físico e sentiremos sempre. E, mesmo não estando aqui, lembrar do que você foi para mim e para nosso destilado, já nos conforta.

Lançar uma cachaça com seu nome, Erwin, é mais do que uma justa homenagem que a família Weber faz, é a prova incondicional de que você será sempre lembrado e agradecido.

A Cúpula da Cachaça da qual presido atualmente, agradece e sempre agradecerá o legado que você deixou à entidade e ao conhecimento pessoal e profissional de cada um que contigo conviveu.

depoimento-manoel

Manoel Agostinho

presidente da Cúpula da Cachaça

Mestre. Não tem melhor palavra para defini-lo. Amigo, colega e professor, foi um divisor de águas em minha carreira no mundo da Cachaça e em minha vida pessoal.
Seus conselhos e sua sabedoria estarão para sempre entre nós seja como um “guru” ou simplesmente pelas lembranças de bons momentos e boas risadas. Sim, Mestre Erwin tinha um humor fino e sempre conseguia tornar leve uma longa e cansativa jornada de trabalho e diversos momentos de trocas de ideias e longas conversas.
Sinto falta de sua companhia, claro, mas seus ensinamentos estarão comigo para sempre, e seu livro, é referência e leitura obrigatória para todos que se aventuram pelo universo da Cachaça.

depoimento-mauricio

Maurício Maia

Cachacier e Membro da Cúpula da Cachaça

Sidnei Maschio – Membro fundador da Cúpula da Cachaça
Dudu Quintela – Cachaça Da Tulha